Turismo Gastronómico: retire mais partido ao seu bar ou restaurante.

Já alguma vez ouviu falar do turismo gastronómico? Gostaria de saber mais sobre este para potenciar e inovar no seu bar ou restaurante? Então, continue a ler! Talvez possa sonhar com algo muito inovador, que na realidade já surgiu na Europa do século XIII com os primeiros guias gastronómicos que recolhiam informação sobre as melhores pousadas e restaurantes. Uns guias realizados pelos “gourmets” dessa época; pessoas com um grande apetite e muito amor pela cozinha que se dedicavam a classificar os restaurantes. Estes “guias gastronómicos” foram evoluindo ao longo da história até se converterem em autênticas rotas gastronómicas repartidas por todo o mundo: a rota dos queijos de cabra, a rota das frutas e dos licores, a rota dos vinhos, a rota do presunto em Espanha. E se viajar só por si já é um prazer, imagine se o combina com um dos melhores prazeres da vida: a comida. Podemos dizer que a gastronomia é um dos pilares mais importantes de todas as culturas. Por isso, quando faz turismo gastronómico não só descobre novos sabores, texturas e formas de cozinhar como na realidade está a conhecer a fundo a cultura e os costumes de um lugar.

O turismo gastronómico como dinamizador do mercado:

Fazer turismo gastronómico implica levar a cabo uma multitude de ações: como descobrir novos ingredientes e uma nova forma de cozinhar como identidade de uma cultura, região ou país, promover a venda dos produtos potenciando a economia local e promover a cultura e identidade de uma região, entre outras. Para além da restauração, o turismo gastronómico também potencia outras atividades como o turismo urbano e o turismo rural, o comércio local, as agências de viagens e muito mais.

Há estudos que demonstram que aproximadamente 30% dos viajantes têm a gastronomia como motor principal das suas viagens e como elemento chave para escolher o destino. Aqui tem o 3º Estudo de Procura de Turismo Gastronómico de 2019 elaborado pela empresa consultora Dinamiza, com interessantes dados sobre o turismo gastronómico em Espanha. Um país conhecido em todo o mundo, sobretudo, pelo futebol, pelo clima e pela sua gastronomia. Para além de que a comida mediterrânica não tem fronteiras! O sabor e a qualidade dos ingredientes, as nossas receitas centenárias e o nosso gosto por comer bem, fazem da comida espanhola um chamariz tanto para o turismo nacional como para o internacional. Segundo este estudo, os destinos gastronómicos favoritos de Espanha por comunidades autónomas são: Andaluzia, com o seu gaspacho andaluz, o seu “pescaito” frito, os seus flamenquines ou o seu salmorejo; Galiza, com o seu polvo e o seu caldo galego, o seu lacão e os seus deliciosos mariscos; o País Basco, com o seu marmitako, bacalhau al pil-pil e as suas inconfundíveis espetadas; e o Principado das Astúrias com a sua fabada, o cachopo e a sidra, entre outros.

Quando a comida internacional se refere à comida vietnamita, à malásia e à tailandesa oferece uma gastronomia muito exótica com carnes assadas, legumes e pratos de arroz como base da sua alimentação. Também poderá desfrutar da riqueza e do esplendor da comida turca e marroquina com o tajine, o cuscuz ou o hummus ou, se quiser ir um pouco mais ao ocidente, com as ricas e milenares culturas gastronómicas do Perú e do México.

O turismo gastronómico ao alcance da sua mão.  

Apesar de a base do turismo gastronómico seja viajar, hoje em dia tem à sua disposição diferentes ferramentas tecnológicas que o ajudarão a conhecer melhor outras culturas gastronómicas. A Internet, por exemplo, é uma fonte inesgotável de conhecimentos e experiências de outras pessoas. Para se inspirar em receitas de todo o mundo, recomendamos-lhe que pesquise em diferentes guias e blogs online sobre o turismo gastronómico elaborados pelos utilizadores, como por exemplo Meal Sharing: um guia para conhecer pessoas e partilhar gastronomia de todo o mundo ou Brecol Guide: um guia online, também com uma versão móvel (app), com opções de locais e negócios de comida de todo o mundo que partilham uma filosofia de vida responsável com o meio ambiente e o comércio justo. Assim sendo, se quiser conhecer melhor o turismo gastronómico para elaborar deliciosas e originais receitas, mas não dispõe do tempo necessário para viajar, já não tem desculpas. Agora também tem a possibilidade de conhecer outras culturas gastronómicas através da rede.

E para receitas originais e com muito mundo, a nova Iberian Square da Vandemoortele. Uma deliciosa e requintada sanduíche elaborada com o seu pão gourmet Quadrado com sementes, com secreto ibérico, queijo Idiazabal, pimentos del piquillo e algas wakame. Uma elegante e exclusiva combinação para que leve o melhor do turismo gastronómico aos seus clientes.

Por isso já sabe, anime-se a explorar esta e outras receitas inspiradas no turismo gastronómico e potencie o seu negócio com receitas de todo o mundo.

Street Lovers, bem-vindos ao turismo gastronómico!

Receita Iberian Square

Sobre a Vandemoortele

A Vandemoortele foi fundada em 1899 como uma empresa familiar belga e continuou a crescer e desenvolver desde então. Nas últimas duas décadas, tornamo-nos uma empresa de alimentos europeia com posições de liderança em duas categorias de produtos: Produtos de padaria (BP) e Margarinas, óleos e gorduras culinários (MCOF). Somos reconhecidos pelo fornecimento de produtos inovadores e de alta qualidade.

Em 2021, a Vandemoortele faturou cerca de 1,3 mil milhões de euros com 4.800 colaboradores (permanentes e temporários). A sede do Grupo Vandemoortele está situada em Gante, Bélgica. Temos escritórios comerciais em 12 países europeus, assim como nos Estados Unidos. Operamos em mais de 28 unidades de produção de alta qualidade em toda a Europa, para garantir a proximidade a todos os nossos principais mercados. Exportamos da Europa para 95 países em todo o mundo.

Contato Noticias

Marc Croonen
marc.croonen@vandemoortele.com