Descubra mais sobre o brunch e retire mais partido ao seu bar ou restaurante.

O Brunch, acrónimo da junção do pequeno-almoço ou breakfast com o almoço ou lunch em inglês, é uma tendência gastronómica que está na moda há anos e que se expandiu por todo o planeta. Gostaria de saber mais sobre esta tendência e aprender alguns truques sobre o brunch para potenciar e inovar o seu bar ou restaurante? Continue a ler!

Segundo alguns dados, este pequeno-almoço tardio ou almoço antecipado, surgiu nos EUA onde nas zonas rurais os fazendeiros comiam algo consistente a meio da manhã para terem forças e poderem continuar com o seu trabalho. Segundo outras informações, a palavra brunch surgiu pela primeira vez em 1896 na revista inglesa satírica Punch. Em finais do século XIX, as famílias britânicas da classe alta costumavam fazer uma festa para os seus criados aos domingos. Estes, para que os seus senhores não passassem fome, preparavam um buffet de grandes dimensões para que estes pudessem servir-se todo o dia.

Pouco a pouco, esta tendência gastronómica expandiu-se ganhando adeptos em todas as grandes cidades do mundo. Hoje em dia, por exemplo, em Berlim ou Nova Iorque é inconcebível um fim de semana sem brunch. Esta tendência também se instalou em Espanha; país com uma enraizada cultura gastronómica própria e pouco propensa a este mix de refeições fora de horários. Há dois elementos chave que estão a fazer com que o brunch ganhe força no país: o primeiro é a alta percentagem de turismo procedente do Reino Unido e dos EUA que obriga a muitos bares, restaurantes e hotéis a adaptarem-se à procura e a oferecer esta tipologia de comida e o segundo a cultura juvenil que tende a sair até tarde aos fines de semana e que por isso o brunch lhes cai que nem uma luva.

Cada vez mais estabelecimentos aderem a esta tendência; a meio caminho entre o pequeno-almoço e o almoço.

Nos últimos anos pudemos comprovar um aumento de estabelecimentos de hotelaria que oferecem este serviço; estabelecimentos que se inspiram no brunch e que o inovam todos os dias. Embora este tipo de refeição tivesse surgido há mais de um século, nos últimos anos estão a surgir novas formas criativas para oferecer algo diferente aos consumidores: a ambientação do local, com música ao vivo, com alimentos mais saudáveis e para todos os públicos como alimentos veganos, sem glúten, sem lactose, etc. Hoje em dia muitas empresas de alimentação, desde empresas de pastelaria ou panificação até confeitarias e empresas de comercialização de produtos doces e salgados, estão a introduzir no seu portfólio produtos que até agora eram mais habituais de consumir nas refeições, fundindo-os com outros produtos para assim se diferenciarem da concorrência. Se repararmos na evolução do mercado, e que cada vez são mais as famílias que ao fim de semana se levantam tarde, poderemos chegar à conclusão que ainda há muito mercado brunch para conquistar. Por isso incentivamo-lo a que ponha imaginação nas suas receitas e leve o Brunch aos seus clientes.

Converta-se no rei do Brunch!

O pão é fundamental para realizar um bom brunch: pão torrado, pão especial com sementes e cereais, com manteiga e doce, sem mais nada ou acompanhado de uma tábua de queijos e/ou enchidos. As proteínas também não podem faltar num brunch, seja mediante a utilização do ovo, para muitos um dos ingredientes estrela, seja estrelado, mexido, cozido... ou mediante carne e/ou peixe: frango, peru, salmão, enchidos, presunto, etc. As frutas também são um elemento chave de qualquer brunch, seja cortada e em bandeja como sobremesa ou exprimida só ou em combinação com outros vegetais para elaborar saborosos, nutritivos e saudáveis sumos naturais. Acompanhá-lo de produtos de pastelaria ou confeitaria doce pode ser uma boa forma de terminar um bom brunch. Para beber, para além de sumos naturais, bons vinhos e cervejas artesanais e de qualidade, recomendamos que também acrescente à sua ementa alguma bebida mais especial de acordo com as últimas tendências, como por exemplo, chá quente ou frio com gengibre e bebidas fermentadas como o Kefir ou a Kombucha.

E para um bom brunch a Vandemoortele traz-nos o seu Happy Brunch, uma receita elaborada com o seu Pãozinho Brunch Nature, com farinha de trigo e malte de trigo, recheio de bacon curado, ovos de codorniz, abacate, tomate, cebola, pimentos serranos, coentros, lima e vinagre. Uma combinação que surpreenderá todos os seus clientes.

Bom brunch Street Lovers!

Receita Happy Brunch

Sobre Vandemoortele

A Vandemoortele é um grupo alimentar europeu líder no fabrico e comercialização de produtos alimentares de alta qualidade. Vandemoortele centra-se em duas atividades: produtos de padaria congelados e margarinas, óleos de culinária e gorduras.

Em 2020 Vandemoortele realizou um volume de negócios de cerca de 1,2 mil milhões de euros, com 4.500 funcionários. O Grupo está presente em 12 países europeus e nos Estados Unidos com as organizações de vendas próprias e / ou locais de produção. Sua sede está localizada em Ghent, Bélgica.

Contato Noticias

Flore Couvreur
flore.couvreur@vandemoortele.com